domingo, 12 de setembro de 2010

Série "H.P.B" Pedro





Andar na tempestade pode ser perigoso, principalmente quando o vento está com aquele aspecto de ”vou destruir esse planeta”, e os relâmpagos caem a poucos metros de você. Se eu estivesse bem, provavelmente já teria corrido e me protegido em algum lugar, mas como aquela frase não saia da minha cabeça, não conseguia pensar mais em nada:

"Você é um dos meus melhores amigos!"

Todo mundo fica contente quando ouve algo assim de alguém, é sinal de respeito e admiração, que a pessoa é muito estimada e tal...

Mas eu não queria ouvir aquilo. Não de você.

No dia que você comprou aquele biscoito e me deu, eu fiquei tão contente. Eu pensei: "nossa, ela lembrou de mim", achei repentino, mas me senti bem com aquilo, me senti alguém importante pra ela.
Mesmo naquela época, eu só era mais um caçador, eu só queria contar garotas, porque para nós existe um código:

“pegar todas, todas as possíveis, e até as impossíveis se houver condição”. Mas com qualidade, é claro.

Aí, vem o Lucas e diz:

- Velho, tá muito na cara!
- Eu?
- É velho, tá escrito na sua testa.

O Lucas tinha razão... eu estava loucamente apaixonado pela garota do cabelo curto.

- E agora o que eu faço?
- Chega junto logo que depois que vira amigo, djow, já era!!! Disse Lucas.
- Tem razão...Vou agora!
- Ta louco? Deixa eu sondar pra você primeiro e depois você chega... Só pra garantir.
- Beleza então.

O Lucas era mais velho, 9 anos de diferença. Era o tipo de cara que sabia inventar um jeito legal de fazer as coisas, e do jeito que ele armou, eu admito que nem eu saberia se era pesquisa ou não. Ela falou de mim pra ele, e quando ele voltou pude ver em seus olhos uma resposta quase certa:

- Nem vai Pedro, é bota certa, ela já te considera como amigo...

Acreditei nele, porém, uma parte de mim dizia que ainda dava... O tempo passou.
A esperança é a última que morre.

Então, um dia nos reunimos no bar.
Cerveja e conversa fiada, tudo de que se precisa um universitário. Nos divertimos muito, até eu perceber uma coisa...

Nem você e nem o Rafael estavam na mesa.
Mas chegaram juntos depois...

O Lucas me olhava, e como se respondesse olhei pra ele na nossa famosa telepatia.
”É velho, já vi o que tá rolando”.



Fomos embora, eu estava arrasado, mas ninguém, além do Lucas sabia disso. Apesar de tudo, eu sou o tipo que sempre mantém a cabeça erguida.

Passou um tempo...



Ainda sinto um certo aperto quando vejo os dois abraçados, mas o Rafael é um cara tão legal que nem dá pra sentir nada de mesquinho. Eu sei que mesmo ele não poderia oferecer  a você o que eu estava proposto a oferecer, mas nem toda história tem final feliz. No caso, a minha história não teve.

Resolvi me focar nos estudos, no semestre passado não estudei como devia, e estava disposto a estudar com afinco dessa vez, eu tinha novos amigos e mais 3 anos de aventuras pra viver. Eu consigo superar... Sempre consigo.


Lembrei de uma pessoa do passado, alguém que gostava muito de mim.
No ano passado, eu a fiz  sofrer, e hoje, quem sofre sou eu, e o círculo se fecha...

Mas a vida é assim, você chora, dá risada, fica feliz, ganha e às vezes, perde.
Se a vida não fosse assim, não teria graça nenhuma.




Ainda está chovendo pra caralho. Tô com os pés cheios de água.

Entrei no shopping, minha meia tava molhada demais até pra um cara desiludido. Tinha uma menina na porta de uma loja que eu conhecia, mas não a via a um bom tempo, ela me viu, e abriu um sorriso lindo.

Retribui...
Ela estava linda, tinha mudado muito.

Acho que Deus sempre te dá uma mão pra você continuar seu caminho... que mão legal.

Amanhã passo na loja pra gastar algum dinheiro... Eu devo estar precisando de algo lá pra casa, com certeza...
só não sei o que é.



Por Junior Atordoado

75 comentários:

  1. Se dar conta de alguma coisa pode demorar o presente ou o futuro, quando as coisas são sempre nostálgicas.

    Abraço! ;)

    http://anpulheta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Muito boa mais esta história =)
    É, nem sempre temos tdo o que queremos...mas, sou do tipo de pessoa que acredita que tdo tem seu tempo determinado. As vezes quebramos a cara pqn sabemos esperar.
    O bom é que sempre surgem novas oportunidades, basta sabermos vê-las...as vezes está do nosso lado, na nossa cara e a gente n está enchergando.
    Um forte abraço e ótima semana, meu amigo.
    Depois conversamos sobre a parceria, ok? Tô vendo umas idéias novas pro meu blog ;)
    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Leva a mal não, mas o que significa H.P.B?
    Desculpe a burrice ;P

    ResponderExcluir
  4. Muita gente já passou por isso, com ou sem a ajuda de um amigo alcoviteiro..rs
    Gostei do texto.

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre me perguntei por que gostamos tanto de encontrar "substitutos" para colar nosso coração partido. Por que nunca tentamos cola-lo sozinhos. Cheguei a algumas conclusões, exemplifico aqui uma delas: reafirmação. Encontrar outra pessoa e ver nela um recomeço logo após um "fora" é uma questão de reafirmação de si mesmo. De convencer-se de que somos atraentes e que alguém nos quer.
    Não digo que é o seu caso. Só que a leitura de seu texto me remeteu a essa discussão solitária que sempre desenvolvi.
    Fazer de alguém nosso amigo é muitas vezes uma tentativa de por na categoria correta alguém que não se encaixa na categoria de pretendente. É inconsciente e puramente biologico. Não se ofenda. Até por que qtas vezes vc não organizou as categorias da sua vida e arrumou algumas pessoas em umas e outras em outras.
    __

    http://coracaoonline.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Gostei do texto... Sempre que uma porta se fecha, outra se abre... Mas o que eu mais gostei foi do personagem estar no meio de uma tempestade... Adoro tempestades, me imaginei no lugar dele!

    bjão!

    www.brincandodefazerpiada.blogspot.com
    se quiser rir um pouquinho, passe lá!

    ResponderExcluir
  7. Depois vai ter que falar o que aconteceu com a menina da loja!

    Abraço! Meu velho!
    Leandro Hellsing

    ResponderExcluir
  8. interessante o texto...uma leitura agradável...muito bom...

    ResponderExcluir
  9. Olá já gostei do titulo pq. tem Pedro hehe meu Nome, olha querida tenho passando aqui pela primeira vez e gostei muito do conteudo bem rico, inteligente... Volteri mais vezes
    Abraço

    http://blogpedrojunior.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Cara, que texto é esse? Nossa, como vc expressão com precisão sentimentos. É "poeticamente descontraído".
    E a situação que vc nos apresenta é bem comum...Acho que todos, pelo menos os que eu conheço, já viveram situação idêntica (eu inclusive), e o bom é o que vc conclui no final: é a vida! É assim...

    Abração

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Cara, me identifiquei, passo por isso muitas vezes, me apaixono fácil e não falo nada nunca, normalmente me fecho e fico remoendo e me entristecendo, para depois estourar de algum modo, odeio quando a paixão vira amiga, ontem mesmo recebi a palavra meu amigo na cara, nossa isso fere muito dpendendo do caso e o meu caso foi um desses em que fico triste e magoado.

    ResponderExcluir
  12. Desilusões, desencontros o ser humano é feito disso...e o "meu amigo" é a pior desculpa que elas podem dar! ja sofri com isso...

    o jeito é não ser tão bonsinho.

    cara, troca esse template, é MUITO RUIM ler um texto que esta quase sumindo da tela...

    abraços e boa sorte.

    ResponderExcluir
  13. Desculpe, Victor! Realmente estou em falta com vc. Coloquei o seu blog na minha lista primeiro pra divulgar e depois pra saber quando é atualizado e sempre passar por aqui.

    As desilusões na vida nos fazem crescer, dói no começo, mas depois entendemos o porquê de tudo. Eu acredito que nada acontece por acaso e sempre haverá uma pessoa certo no devido momento.

    Bjos e até breve.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Victor!
    Passando só pra dizer que atualzei meu blog. Passa lá?
    Um forte abraço, meu amigo.
    Fuiiiiiiii!
    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. hahaha... Tadinho do Pedro... =P
    Hadouken
    ---------------------------------------
    pra quem pergunto o q eh H.B.P.
    Trata-se daquelas histórias q são um tanto qnto constrangedoras... mas que sempre um amigo sabe. Ai sempre naquele barzinho dps daquelas cervejas marotas as História da Porta de Bar vem a tona...
    -----------------------------------------------
    PS. Parabéns pro Pedro que soube administrar essa situação e ainda torná-la algo para entreteinimento... (mas Lucas acho q não foi só você e o Pedro que percebera no momento)

    ResponderExcluir
  16. Obrigada por estar sempre me visitando.
    Tem mais histórias? Se sim, fico no aguardo da proxima rsrsrsrs
    Um forte abraço! =)
    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. - Interessante ...
    Deus Sempre Tem Uma Mão (Y) O LIke
    http://fimdofinal.blogspot.com/

    Hasta!

    ResponderExcluir
  18. O pior é que é verdade: virou amigo, já era.
    Me senti no lugar do personagem, no meio da tempestade. Alguém disse que adora tempestade, eu também. O quadro ficou maravilhoso retratando a tristeza dele enquanto o céu está desabando. Muito bom.
    Aguardo mais uma história da HPB.
    E obrigado por me visitar.
    Abraço
    perplife.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. muito boa a historia, q legal... vou retornar mais vezes...
    (seguindo vc...)

    http://semomitirorealcotidiano.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. O SEGREDO DOS ESCRITORES disse...

    olá!
    tudo bom???
    muito prazer,me chamo Augusto César...
    gostei muito do seu blogger. show de bola!
    estou lhe seguindo,me siga também???
    http://osegredodosescritores.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Uhmmm...vai rolar a festa muito em breve!
    hehehe...

    Ótima narrativa!

    Forte abraço,
    Fernando Piovezam
    seuanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. rapaz, vc quem escreveu isso ou pegou de algum livro. se vc pegou de algum livro tem muito bom gosto literário, se foi vc quem escreveu tem um grande talento como escritor.

    parabéns novamente pelo espaço e obrigado sempre pelas palavras que deposita em nosso blog... estamos seguindo.

    att

    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. seguindo o blog,muito bom,sucesso!!!

    se possivel siga o meu tbm

    http://pintoarmadoroginho.blogspot.com/
    blog de frases,tirinhas,piadinhas de mau gosto etc...

    ResponderExcluir
  24. Amigo já passei por algo parecido e dói muito. Abraço.
    obs: to te seguindo também.

    ResponderExcluir
  25. Meu amigo,
    Ótima tarde pra vc!
    www.nicellealmeida.blogspot.com
    Atualizado...passa lá! ;)

    ResponderExcluir
  26. É isso... um novo amor cura o antigo...


    http://apenas-daniel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. EI SERRAN, VAMOS SER PARCEIROS; VEJA A NOSSA POLITICA DE PARCEIA E ENTRE EM CONTATO COM A GNT PELO NOSSO ORKUT; PELO NOSSOE-MAIL; OU PELOS NOSSOS COMENTÁRIOS LÁ NO CDF!

    www.circulodf.blogspot.com clique na pg "parcerias"
    vlw amigo um abraço!

    ResponderExcluir
  28. adorei o blog.

    Quem gostar de moda, sigam e comentem nos posts que mais gostarem no meu blog, tenho certeza que vai amar.
    http://blogparadise-moda.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. ótimo o blog retribuindo a visita e seguindo valew.






    http://universovonserran.blogspot.com

    ResponderExcluir
  30. Adorei o blog! Parabéns mesmo!
    http://danilofutebol.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. Muito bom seu blog se quiser parceria entre em contato pelo meu blog http://explorerdigital.blogspot.com/
    ou pelo msn netinho_nelson@hotmail.com

    ResponderExcluir
  32. parabens pelo blog.achei um pouco confuso.

    ResponderExcluir
  33. gostei do blog.
    Dá uma olhadinha no meu :)
    http://blogparadise-moda.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. exellente texto, muito bom mesmo...continue e parabens pelo blog

    www.tecnicasvendas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Bom dia,

    Passei para conhecer o seu blog e achei fantástico. Deixo meu abraço carinhoso e estou seguindo.

    Aguardo sua visita.

    Tenha um dia cheio de luz.

    ResponderExcluir
  36. Post muito bom , isso serve de lição para todos nós , pois Deus sempre te da uma mão pra você continuar seu caminho. Hehehe Abraços !

    http://diegomergulhao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  37. Pronto ja coloquei seu banner la no meu blog so falta vc veja http://explorerdigital.blogspot.com/
    esperando contanto!

    ResponderExcluir
  38. amigo parabens pelo seu blo e as postagens estão muito boas

    ResponderExcluir
  39. Nossa, muito legal a sua forma de contar histórias. Gostei principalmente do possivel lance amoroso. Mas a vida é assim, né, se a gente não tentar nunca vai saber, certo?
    abcs

    ResponderExcluir
  40. Parabens pleo blog,muito criativo,textos excelentes e muito bem elaborados.

    ResponderExcluir
  41. todo mundo vai passar por iso um dia... e a vida... resta seguir em frente
    adorei o blog :D
    seguindo ;)

    http://janinegarcia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  42. Texto muito bom, bem colocado retratando o circulo da vida, todos passam por isso pelo menos uma vez.
    A tempestade ilustra bem o estado emocional do personagem.

    ResponderExcluir
  43. Muito bom o texto. E gostei tbm do teu bog

    ResponderExcluir
  44. Own peninha...
    Só lembre q ninguém esquece alguém apenas poe estar com um outro alguém.
    Queria tanto saber o resto da história...

    P.S. Valeu pela visita.

    ResponderExcluir
  45. Não faz muito meu tipo de blog, nem de literatura, entretanto, li todo o seu post e mesmo não sendo o meu estilop tem coisas que não se pode negar e a principal delas é a grnade qualidade do texto.
    parabéns

    ResponderExcluir
  46. Cara, simplesmente perfeita a história...adorei todo o contexto!!!! Muito bom o blog. Parabéns. Abraço.

    http://www.minutomoda.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  47. Tenso hein cara? Mas a vida é assim mesmo. Várias vezes vamos ter amores não correspondidos!

    http://cerebro-musical.blogspot.com

    ResponderExcluir
  48. Esse negócio de tentar substituir as pessoas é tenso q-
    , adorei a história, estranho, mas eu ri algumas vezes :X , muito bom, me senti na história (:

    ResponderExcluir
  49. Cara, que blog massa. Queria ter essa criatividade toda pra escrever.

    Gostei do fim da hisstória =)

    To te seguindo.
    Beijão

    ResponderExcluir
  50. É preciso ver e querer enxergar...

    http://tudopelaedu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  51. Texto ótimo.
    vida passa, histórias acontecem, caminhos se fecham, mas outros comcerteza se aprendem, as vezes melhores do que a gente mesmo deseav, quando a gente pensa que está tudo perdido, vêm a vida e muda tudo.
    é como aquela frase: Quando temos todas as respostas, vem a vida e muda todas aspergnta.

    Bjinhu

    ^^

    ResponderExcluir
  52. Acho que vou cair na estrada. To aposentado mesmo.

    ResponderExcluir
  53. vc escreveu ou é de outro autor?
    passando p/ conhecer o blog, se quiser, acesse o meu http;//artegrotesca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  54. To aqui denovo, e vou dizer a mesma coisa... Seu blog é muito legal e esse texto tbm

    ResponderExcluir
  55. è quem nunca se sentiu assim rssr,ainda mais na adolescencia.

    ResponderExcluir
  56. quem nunca se sentiu assim ainda mais na adolescencia

    ResponderExcluir
  57. É cara... muito bom. Realmente, quem nunca sofreu por amor? e qual o melhor remedio para curar um amor do que outro?
    Abraços.

    ResponderExcluir
  58. Fiquei apaixona por sua história, e o increvel disso tudo que não tenho um lado sentimental em mim e sua história me fez refletir um pouco, por isso estou te seguindo, me segue também !
    Adorei realmente !

    ResponderExcluir
  59. Mudou o visual do blog? Parabéns, ficou muito bom =)
    Tb estou 'mexendo os pauzinhos' para dar uma nova cara ao meu. Em breve, vc verá. Espero que tb aprove hehehehe
    Um forte abraço, meu amigo.
    Me visita? Está atualizado!
    www.nicellealmeida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  60. Puxa como você escreve bem...
    Parabéns...
    Lindo texto realmente.

    ResponderExcluir
  61. Hahaha' acho que conheço essa história de perto!! O blog está incrível.. Parabéns!! Amo vocês!

    ResponderExcluir
  62. Hoje me senti como na historia, tomei uma puta chuva, cheguei em casa com os pés molhado, e vi uma garota bonita dando bola pra outro e não pra mim.

    Só não vi a garota do shopping infelizmente xD

    ResponderExcluir
  63. Mais um belo texto. "Pixei" todo seu blog quase, amigo.

    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  64. Em uma frase simples, é possível resumir a mensagem de seu excelente texto, Victor: não há crescimento sem sofrimento.
    Nunca consegui (na verdade, nunca tentei) escrever textos assim, talvez algum dia faça isso.
    E tenho alguns amigos rpgistas que iriam pirar com o Falkisgate.
    Valeu.

    ResponderExcluir
  65. Caramba, vim aqui conferir o conto e fiquei impressionado com algumas partes. Simplesmente por já ter vivido algo muito parecido. Essa amizade que surge e se modifica... essa paixão unilateral... até a "pesquisa de campo"! E no final das contas, a decepção.
    Mas nada tem um fim definitivo enquanto ainda se vive. As coisas mudam, pessoas vem e vão e a gente vai crescendo com isso.
    Parabéns de novo. Esse mereceu ser publicado mesmo.

    ResponderExcluir
  66. Menino.... to pasma!!!

    Vim ler sua cronica. Me envolvi como se a sua história fosse a minha. No fundo eu torcia por vc.
    Olha onde seu texto leva. Leva a me fazer parte dele..
    Nem sei se expliquei direito..
    Mas nem sempre viajo com o que leio.. e a minha viagem com seu texto foi surpeendente!!

    Bem merecida a sua vitória.

    Parabéns pela sua sensibilidade e talento!!

    Bj

    ResponderExcluir

Faça um comentario inteligente e pertinente, lembre-se que seu nome, e o nome do seu blog, vem logo depois !