sábado, 29 de janeiro de 2011

O dia do cavaleiro !




Um domingo comum, as pessoas passeiam pelo parque, alguns fazem atividade física, outros apenas brincam, algumas pessoas estão no parque apenas para entreter os filhos, tudo parece relativamente normal, mas ao fundo, em um campo aberto, 300 homens, jovens ou de idade mediana, se separam em dois grupos de 150.
Eis que todos param para olhar o tal acontecimento, quando começam a perceber que se tratava de um jogo, na verdade em uma simulação de batalha, onde um grupo vestia azul e o outro grupo vermelho amarelo e couro.
Dentro destes pequenos exércitos, dentistas, técnicos de ambiente, psicólogos, advogados, e pessoas de todas as profissões junto com uma maioria de estudantes universitários, levantavam espadas feitas de um material especial, na qual o intuito é promover o evento, denominado batalha campal,(SWORDPLAY).
O Swordplay sempre existiu, não em países tropicais ou da America latina, mas em diversos países de Europa, onde a simulação de batalhas medievais eram ritos ancestrais, feitos em períodos de festa. Porém na década de 80, surgiram vários grupos e subgrupos, desta vez com organização, para a expansão do que seria este considerado um novo esporte.
Eu conheci o swordplay em um evento de anime (eventos que promovem a expansão da cultura de desenhos animados japoneses temáticos e seus derivados) onde lutei em um palco improvisado, derrotando seis desafiantes seguidamente. Depois disso fui consumido pela paixão que se tornava em minha vida, esta nova atividade. Um amigo me indicou uma comunidade em uma mídia social, na qual poderia levantar mais informações sobre os grupos que existiam em São Paulo.
Ao postar meu interesse, vários grupos que viram o vídeo, promoveram uma disputa amigável, pelo meu passe como novo adepto, onde venceu um grupo que não promovia apenas o esporte, mas também a disciplina para aprender, e uma filosofia que poderia ser carregada para qualquer outro âmbito da minha vida. O nome deste grupo é FALKISGATE.
Feito basicamente de alunos da Universidade de São Paulo, que moravam em Piracicaba, mas que também treinavam em São Paulo, Falkisgate é formada por três ordens conhecidas como: “Céu” a original formada por alunos da USP que moravam em Piracicaba,portanto com sede lá em Piracicaba,”Tempestade”formada por remanescentes do primeiro grupo que formaram um segundo grupo de treino em São Paulo,portanto com sede aqui (onde treino), e finalmente “Água sagrada”o grupo de Campinas que seguia os passos das demais.
O tempo passou, e a cada dia que se passava, cada vez mais aumentava minha admiração pelo grupo e pela atividade, que se tornou meu hobby predileto. Cada membro é batizado pelo grupo com outro nome, que lembra suas características, e este Von Serran que vocês conhecem como blogueiro, na verdade é chamado de JEDI .Percebi com o tempo que quando em campo combatendo, eu não vencia apenas aos clãs inimigos, mas tambem as minhas frustraçoes, aos meus medos, a tudo que não fazia sentido. A  inspiração era o melhor premio, e naqueles momentos eu vencia o terror de não me entender.
Hoje é um dia especial, daqui a pouco todas as ordens e seus convidados irão para uma cerimônia de consagração de cavaleiros (na ordem você começa como guerreiro, guerreiro de primeira classe, guerreiro de segunda classe, mor ou intermediário, escudeiro, cavaleiro e o mais alto grau de mestre). Um homem (ou mulher, temos as Valkirias também) que é consagrado cavaleiro, provou o mais alto valor, tanto em combate como em ética, e por isso ganha este título que é reconhecido por aqueles com quem prática como os outros que são adeptos.
Daqui a pouco estou indo para esta consagração, onde de escudeiro, me tornarei um cavaleiro. Um mérito por todos os meus esforços em Falkisgate. Eu estou muito feliz com meu novo titulo.
Muitos criticam, e você não vai cansar de ouvir gente falando “olha o cara brincando de espadinha no parque”, mas quando se percebe quatro ou cinco amigos dele, já tem o interesse pela atividade e muitos entram. Quando você se propõe a fazer algo que te da à satisfação, algo que procura, sem se preocupar com a opinião alheia, você cresce como individuo, como ser humano, assim produz melhor no seu emprego, e na sua vida vivendo uma felicidade plena, e não parcial.

Hoje vestirei uma túnica, e dentro desta túnica, um coração se fortalecera, e o mal que não antes de mim, mas também depois de mim, se curvará, e a força que move os sentimentos que dignificam o homem, se estendera além do horizonte, pois aqueles que não desafiam a si mesmos não tem o privilégio de se chamarem CAVALEIROS.

Um abraço e até a próxima postagem!

Victor Von Serran (  SIR JEDI)

38 comentários:

  1. INTERESSANTE ESSE GRUPO VICTOR. E OS LOBISOMENS ENTRAM EM QUE CATEGORIA?? ANIMAIS FANTÁSTICOS?? RSRSRSRS!
    EU FAZIA ISSO NOS FLIPERAMAS QUANDO ERA ADOLESCENTE. JOGAVA STREET FIGHER PRA DESCARREGAR MINHAS FRUSTRAÇÕES. MAS COM O TEMPO E O AMADURECIMENTO DO PENSAMENTO. MINHAS FRUSTRAÇÕES FORAM DIRECIONADAS PARA MEUS TEXTOS. NÃO TENHA MEDO DE ANDAR NA SOMBRA E NA ESCURIDÃO DA NOITE CAVALEIRO: UM LOBISOMEM OBSERVA VOCÊ E ESTÁ PRONTO PARA AJUDAR QUANDO FOR PRECISO. ABRAÇOS!

    ResponderExcluir
  2. Já vi esses encontros em documentários. Acontecem em vários países europeus, principalmente. É uma volta ao passado mesmo. Há uma banda chamada Blackmore´s Night (do ex guitarrista do Deep Purple, Ritchie Blackmore) que fazem em seus shows eventos similares, num retorno à seculos atrás.
    Bem interessante. Um abraço e bom domingo.

    ResponderExcluir
  3. Caraca! Nunca ouvi falar de algo assim! Já vi em vários filmes norte americanos essas encenações de batalhas (como a guerra de sesseção). Nunca imaginava que houvesse algo assim no Brasil! Muito interessante, de fato. E parabéns pela consagração, é sempre ótimo ser bom naquilo que se gosta (como hobby ou trabalho).

    ResponderExcluir
  4. Muito maneiro esses encontros, super interessante...

    ResponderExcluir
  5. Que legal isso tudo que descreve.
    O sentimento é o que importa. E, se não faz mal a ninguém, porque julgar né?

    Abraços e bom texto!

    http://leia-atentamente.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Rapaz que legal isso??? Quero participar, hahahahahahahaha.
    Vc assistiu o filme coração de cavaleiro? É muuuuuuiiiiiito legal, se não assistiu assita lógo!!!!


    Vou colocar o link do seu blog lá no meu, porque sempre que venho aqui tem algo interessante, só coloco links de blogs que gosto realmente, se vc gostar do meu, coloca o link aqui também...

    Valeu Sir Jedi Von Seran, príncipe da Latvéria, filho de Victor Von Doom (sabe quem é esse?), Hahahahahahaha, depois te conto!!!

    ResponderExcluir
  7. ja tinha ouvido fala sobre tal ''movimento'', enconto
    beem interessante mesmo
    queria participa disso algum dia haha'
    mas aqui no Brasil é tenso pra organiza qlqr coisa kkk

    parabéns pelo blog ae ;D
    sucesso

    http://trucoladrao.blogspot.com
    http://trucoladrao.blogspot.com

    Londrina - PR

    ResponderExcluir
  8. Oi menino
    Meu amigo, não fique bravo comigo, mas alguma coisas nisso tudo não encaixou bem para mim. Tenho medo desses grupos que mais parecem ordens religiosas, cuja graduação é conseguida por bom comportamento.
    Bjux

    ResponderExcluir
  9. Qualquer dia eu vo nesse baguio hehe xD

    ResponderExcluir
  10. As guerras já foram consideradas cerimônias ritualísticas e manifestações artísticas. Alguns tipos de lutas ainda sustentam essa energia do campo artísticos, como as lutas oriundas da tradição oriental - as lutas marciais. A capoeira aqui no nosso país também compartilha dessa proposição, sendo objeto de uma polêmica saudável, sobre qual seu legítimo atributo - se apenas uma luta, uma dança de roda ou um jogo. Já sobre as guerras - verdadeiras encenações e pentomimas teatrais - vide alguns filmes que exibem batalhas, principalmente as inglesas, as guerras sempre compreendiam uma cerimônia artística, principalmente pela arrumação dos combatentes, organizados em fileiras e colunas, e uma banda marcial, que tocavam ininterruptamente, seus instrumentos, ao longo da sangrenta batalhe, sem perderem o ritmo! Ah, as indumentárias, uniformes específicos das batalhas, também compunham o figurino impecável dessa grande manifestação cênica e dramática num autêntico palco do mundo real! Victor, para finalizar meu comentário, um adendo... Eu reescrevi a maioria dos meus contos, para proporcional maior plasticidade, coerência, concordância e dinâmica na leitura. Convido-o para passar pelo meu blog novamente e conferir meu material reformulado, Ok? Um grande abraço, meu amigo!

    ResponderExcluir
  11. Interessante demais. Acredito que seja uma sensação ímpar reviver alguns dos sentimentos daquela época. Parabéns pelo dia!

    ResponderExcluir
  12. Primeiramente parabéns pela conquista em si.E acima disso,parabéns pelo significado que isso tem pra vc,pelo entendimento que você demonstra à respeito dessa arte à qual vc se devocionou e permitiu-se dia após dia ,crescer e vencer.Isso é muito lindo e me emocionou,de verdade!
    Super beijo :)

    ResponderExcluir
  13. Há algum tempo ouço falar nesses grupos, mas, não tinha a mínima ideia de como funcionam seu post foi esclarecedor.
    Fazer o que se gosta é muito gratificante, nos dá prazer, promove o autoconhecimento e o crescimento pessoal.

    ResponderExcluir
  14. Bacana... o foda de cidade pequena (muito pequena) é que esportes assim são totalmente desconhecidos...

    ResponderExcluir
  15. Victor!
    Interessante mesmo,principalmente na minha opinião, pela questão do desafio pessoal que uma atividade como essas pode nos proporcionar. E se não temos desafios,seja reais, ou no campo lúdico, não tem como crescermos. Parabéns!
    Aparece lá no meu, tenho um post sobre o filme "Hair" fala um pouco essa questão do desafio pessoal. Abração.
    Humoremconto
    http://anaceciliaromeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi menino
    Ok me convenceu, ainda bem rsrsrs
    É claro que você está entre os blogs que eu indico, é que funciona pela ordem de postagem. Basta clicar em "ver todos", no final dos indicados que você vai ver que o seu consta da lista. Nunca lhe deixaria de fora.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  17. Nunca tinha ouvido falar nesse tipo de 'manifestação'.
    Parabéns pelo texto... muito bem escrito!

    ResponderExcluir
  18. surpresa de ver esse tipo de evento aqui. Geralmente sao em países nordicos ou saxoes, onde eles relembram grandes batalhas. Pessoas que se lembram com orgulho da sua história e fazem isso não só por diversão, recriando as lutas pela independencia americana ou azincourt.

    muito legal

    ResponderExcluir
  19. Nunca soube de ncontros dessa magnetude, mas a idéia de exteriorizar os sentimentos, é ótima, particularmente eu faço, escutando mútsica, saindo, ou jogando video game, mas sua idéia tb tem seu valor, um abraço e te sigo espero retribuição sem calotes..

    ResponderExcluir
  20. Poxa, o 'test drive' fica por sua conta, só não se esqueça de contar depois o que achou ! HAHA
    Estamos seguindo também ;)

    ResponderExcluir
  21. Que bacana, nunca imaginei isto! -.-"

    Boa semana, um abraço!

    ResponderExcluir
  22. Olha, Victor, já vi esse tipo de situação em filmes, mas nenhum deles narrou de forma tão estupenda!!!
    Muito bom! Você consegue contar algo diferente, que poderia afastar o leitor, de uma maneira que cativa, prende até a última linha e deixa com vontade de mais!
    Bj!

    ResponderExcluir
  23. Seguindo seu Blog!

    Segue o meu:

    http://bloghugogreen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Rpg né?
    Jogava antigamente, era muito legal.

    ResponderExcluir
  25. Primeiramente parabéns.... sei o quanto você gosta disso!
    Em segundo lugar, essa frase "Quando você se propõe a fazer algo que te da à satisfação, algo que procura, sem se preocupar com a opinião alheia, você cresce como individuo, como ser humano, assim produz melhor no seu emprego, e na sua vida vivendo uma felicidade plena, e não parcial." é exatamente como as pessoas deveriam refletir ao fazer algo... simplesmente diz tudo!

    Abraços maninho

    ResponderExcluir
  26. haha parece jogo online! Loucura total! Parabéns pelo dia cara, muito interessante o post. Em breve posso colocar seu link lá no meu blog?

    http://misturebaorganizada.blogspot.com/

    Ele é novo ainda, porém, muito bem organizado.
    Bom, parabéns pelo seu blog, se possível, siga o meu também! Grato =]

    ResponderExcluir
  27. Caramba, rapaz... MUITO LEGAL ISSO!!!

    Pior que dá maior vontade de participar de um evento desse tipo, deve ser muito empolgante!!! rs

    Sei que nos EUA tem mega-convenções que realizam encontros de fãs e tal, mas desse nível gigantesco não mesmo!

    Muito legal!!!

    Abs,
    www.vemaquinomeublog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Achei muito loko esse lance... ja vi em alguns site mas tem um filme chamado nao faça oque eu faço faça o que eu digo que tem um encontro desses.. uma batalha...um rapaz reprimido pela mae é uma cavaleiro.. muito massa...

    ResponderExcluir
  29. Nossa.. muito interessante!! Não sabia da existencia desses encontros, deve ser muito legal participar.. Parabens por se tornar cavaleiro!!

    ResponderExcluir
  30. Nunca ouvi falar nisso, é demais!
    Muito bom (:

    ResponderExcluir
  31. OrgulhoOo da minha vida!!!
    Meu guerreiro...amOo-te

    ResponderExcluir
  32. interessante essa batalha campal que nos remete aos tempos da idade média!Bem legal!

    http://artegrotesca.blogspot.com
    bjos

    ResponderExcluir
  33. que interessante
    nao tinha conhecimento sobre
    legal saber sobre novas culturas :D

    ResponderExcluir
  34. Olá, vi seu post no orkut sobre o interesse de fazer parceria com outros blogs.

    Estou interessada em trocar nossos banners.
    Tenho alguns blogs para oferecer a parceria:

    http://hakkyohoppier.co.cc
    http://nightvolker.co.cc
    http://poieticaorigamis3d.blogspot.com
    http://pinkfloydcollectors.blogspot.com
    http://athanatosprima.blogspot.com


    Somente o primeiro é meu, mas eu atuo como gerente de marketing dos outros.


    Se tiver interesse também, por favor, entre em contato.

    Abraços, Hakkyo Hoppier

    ResponderExcluir
  35. REALMENTE INTERESSANTE SEU BLOG :D

    ResponderExcluir
  36. Muito bom, Victor, eu ainda não tinha lido esse post.
    Interessante o sistema de graduação que vocês usam, o que ensina disciplina e paciência aos novatos (acredito eu).
    Agora Sir JEDI é meio pedir demais, né?
    Abraço, Victor.

    ResponderExcluir

Faça um comentario inteligente e pertinente, lembre-se que seu nome, e o nome do seu blog, vem logo depois !