sábado, 23 de abril de 2011

O Anjo da Guarda


 E de repente tudo ficou escuro.


Em dois segundos eu senti o impacto e passei por cima do carro.


Naquele exato momento eu não sentia dor, apenas o pavor do susto. Ao acordar me vi deitada, a rua estava parada,  e muitas pessoas estavam ao meu redor. Tentei me levantar, apoiei a mão no chão, e só  então eu senti o maior de todos os pânicos daquele dia.


Eu não estava sentindo minhas pernas.

 Algumas pessoas chegaram ao fundo, e  eu vi o motorista do carro que me atropelou apavorado olhando ao redor, não sabendo se ia me socorrer ou fugir dali, sem ser visto. Outras pessoas começaram a gritar:

- Leva ela para o hospital pelo amor de Deus!


E então mais pessoas chegaram, a rua estava lotada, e percebi que eu já não era mais uma pessoa ferida e sim uma atração. Alguns motoristas paravam o carro e ficavam me olhando, pude sentir,  da minha costela algo escorrendo para meu braço, era sangue, e em muita quantidade. O pavor que sentia inicial então se intensificou, e naquele momento eu pensei : porque eu fiz dieta se eu ia morrer cacete, mãe eu te amo, pai eu te amo, Cesar me perdoa pelo que eu fiz...


Fechei os olhos e me entreguei... Que jeito horrível de morrer.
 E então com um jeans desbotado e uma camisa branca, pedindo passagem por entre as pessoas...... ele chegou.


Disse em um tom de voz que remetia a autoridade, uma espécie de autoridade que as pessoas reconhecem ao primeiro toque, fazendo todos com quem falava se remeterem a sua vontade naquele instante:

Disse para um homem de blazer que estava perto:

- Você... Ligue para a emergência agora!


Disse para outro rapaz, que lembrava muito um Office boy por causa das pastas:


- Você pegue um cone daquela loja, sinalize esta parte da pista!


E finalmente disse para três mulheres que acompanhavam o rapaz de blazer:


-Peguem os dados do motorista, placa, cor do carro, nome... fiquem de olho, se ele tentar fugir, não permitam !


Olhou para mim e me disse:


- E ai tudo bem? Dia difícil hoje não?


Então ri... ele tinha senso de humor.
-Fique tranqüila, estar consciente é um bom sinal, tudo já foi providenciado, você não pode se mexer neste instante, para evitar qualquer lesão maior. Fique em paz, a ambulância esta chegando!

Então chegou a ambulância, quase 40 minutos depois do acidente. Antes de ir, as mulheres que ficaram de olho no motorista trouxeram os dados em um papel e guardaram na minha camisa, e ele com medo, acompanhou-me até o pronto socorro. Ele pagaria caro por ter me atropelado na faixa de pedestres em um sinal fechado, mas naquele instante nem  pensava tanto nisso.


Antes de a ambulância fechar as portas, vi mais uma vez aquele homem de camisa branca e jeans desbotado me olhando, ele me deu um tchau e virou de costas, enquanto andava pude sentir os efeitos da medicação que tinha acabado de tomar, e o vi se distanciando em câmera lenta. Parecia um final feliz de um filme de horror.


Já no hospital ficou constatado: duas fraturas de costela, uma perna quebrada e uma lesão na coluna. Porém voltaria a andar, nas palavras do médico:


-Menina agradece a Deus que a pessoa que te socorreu não mexeu em você, se isso tivesse acontecido, andar seria uma probabilidade distante...


Um ano e três meses depois, já andando normalmente e bem, voltei a aquele local. Perguntei sobre o homem que me socorreu e ninguém sabia me dizer se ele trabalhava ali. Cheguei a fazer um retrato, mas ninguém o reconhecia. Sem alternativa, mandei fazer uma placa enorme e pendurei naquele farol próximo ao local do ocorrido. Na placa estava escrito “Há um ano e dois meses sofri um acidente aqui, sei que talvez você nunca leia esta placa, mas eu só queria dizer, obrigado estou bem“.


Algumas pessoas não acreditam em anjo da guarda, algumas acham que seu anjo tem asas e se comunicam por orações, alguns vêem anjos como personagens de filmes outros vêem anjos como cartas de tarot, mas os anjos da guarda estão por ai, podem ser os seus pais dizendo para você não viajar antes daquele acidente, pode ser o caixa do banco guardando o dinheiro no envelope, ou podem ser os bombeiros que não deixam você pular de uma ponte em um dia de desespero... mas para mim, um anjo da guarda sempre vai estar vestido de jeans e camisa branca, andando em qualquer lugar...esperando o momento certo para te salvar...sempre !


Até a próxima postagem

31 comentários:

  1. Como está, meu amigo. Você não fez nada além de ser um grande escritor, amigo, e fiel leitor de minhas estórias. Acontece que a minha personalidade desliza em sintonia com os ciclos da lua. rs... Às vezes me entrego à selva e involuo em trapos e fiapos de mim, um tanto antissociais! Mas não me afastarei. Como meu blog não tem o dispositivo de "seguir" habilitado, não acompanho as atualizações dos demais blogs pelo meu. Mas fique tranquilo, não deixarei de visitá-lo e deixar o meu humilde comentário. Afinal, sempre é um grande prazer em ler seus textos de inequívoca qualidade!! Grande abraço...

    ResponderExcluir
  2. caranba, vou falar a verdade na maioria das postagem eu nao leio completamente, mas essa e li uma linha e quando vi ja tinha lido o texto todo
    uma historia triste, tomara que um dia vc encontre novamente esse anjo.

    meu blog
    http://blogdicagratis.blogspot.com/

    meu twitter
    http://twitter.com/blogdicagratis

    no skype
    blogdicagratis

    ResponderExcluir
  3. belo texto, mas sinto falta das histórias engraçadas

    é real, ou é mais uma das suas viagens ao "mundo de Bob"??? heauheau

    ResponderExcluir
  4. legal seu blog , texto muito bom , ja estou seguindo , segue o meu :

    http://fleonandthecity.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Querido amigo, eu também acredito em anjos, com asas ou sem elas e nas suas inúmeras manifestações. Bendito anjo, que fez o certo, disse as palavras certas e sempre será lembrado. Lindo texto, e como o seu pedido é uma ordem, tem post novo! te espero lá, abraços

    ResponderExcluir
  6. A vítima acidentada - a mais perfeita atração para motoristas e pedestres - não se contentou em ser o objeto exposto numa vitrine, concentrou o resíduo de forças e pôde visualizar, e ser salva, pelo anjo de jeans desbotado e camisa branca. Um final feliz, embora não mais encontrasse seu anjo, mesmo após a eficiência de 40 minutos da ambulância para socorrê-la! História sóbria, com uma mensagem acalentadora! Triste mas sob medida na positividade. Gostei muito! Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. Onde estará essa pessoa que te ajudou? Cara, de repente se você pára de procurar, eis que do nada, de alguma maneira, aparece. A vida é cheia de mistérios e coisas impossíveis de se explicar. Pessoas do bem ainda existem e muitas, ainda bem.
    Aproveito para desejar uma Feliz Páscoa pra você e sua família, com muita paz, tranquilidade e alegria.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. não acredito em anjos, mas acho que to começando a mudar de idéia...
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Muito interessante teu relato. Nessas horas, aparecem aqueles que, creio eu, são enviados de Deus para nos socorrer. São heróis anônimos, que se misturam entre os transeuntes e que sempre ajudam aqueles que precisam.

    Ótimo texto, parabéns e um abração pra ti.

    ResponderExcluir
  10. Meu grande amigo, não sabia que você também participa daquela outra comunidade de divulgação... Interessante a visão de que há sempre um protetor à espera de que seu protegido necessite de assistência e amparo. Mas para isso, é preciso sempre que o protegido do salvador fique na posição de vítima para justificar sua existência. Abraços...

    ResponderExcluir
  11. Bem... Li seu texto anterior, mas como esta atualização elevou este texto ao primeiro lugar, comentarei sua postagem anterior aqui, Ok? Pois bem... Eu me deixei fascinar pelo relato sincero do processo histórico e criativo do desenvolvimento perceptivo de uma criança. As nuanças e matizes comprometidos com a variação da concepção de Deus por uma criança. De mitos, ficções, representações reais e icônicas, Deus foi se ressignificando durante as diversas experiências do protagonista/narrador. Gosto muito dessas eprspectivas que vão se reinventando com o passar do tempo natural e cultural. Abraços...

    ResponderExcluir
  12. muitas das vezes eu chamo o meu anjo
    -mamãe outras meu pai
    até mesmo meu irmão
    -outras eu não sei como chamar
    não sei o nome dessas pessoas
    mas o meu maior anjo eu nunca vi a face dele
    ou suas vestes eu não tenho palavras para descreve lo o quanto ele é maravilhoso por isso eu coloco meu depoimento a esse anjo
    obrigado deus ! por todos os anjos que o senhor colocou em minha vida http://luanaloveyou.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Os anjos existem e estão por todas as partes, cada um de nós em váçrios momentos do dia pode ser tocado a ser o anjo de alguém.
    Abraços e sucesso com o blog

    ResponderExcluir
  14. INCRÍVELO TEXTO.REALMENTE OS ANJOS DA GUARDA ESTÃO EM TODOS OS LUGARES. NÓS É QUE NÃO OS ENXERGAMOS POR CAUSA DAS NOSSAS CONCEPÇÕES PRÉ-ESTABELEIDAS.

    ResponderExcluir
  15. OI Victor,
    demorei um pouco para vir, estou agora no Uruguay, retornando para casa depois de 1 semana de férias.

    Quanto ao post, belíssimo relato. Uma coisa é certo, tudo parece que sempre acontece em milésimos de segundos. Bem narrado!

    Grande beijo.

    Humoremconto
    http://anaceciliaromeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Parabens Von! Muito bom esse texto. É as vezes algumas pessoas fazem mesmo o papel de anjos na vida da gente e isso é uma providência divina eu acho!

    ResponderExcluir
  17. nossa,amei o texto,fazia tempo que não lia algo assim,parabéns!!
    http://dayse177.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. muito legal o texto =)


    visite
    http://wagnermp3.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Oi Victor!
    Poxa que legal! O pessoal reoconheceu o inconfundível olhar do Alex na hora então =p. Verdade..eu aprecio muito o filme por sua coesão com o original apesar de ter tomado algumas liberdades com relação á certosp ontos mas nada que comprometese. ALiás eu sou muito mais o final do filme do que do livro!

    Sobre o seu texto..excelente. Realmente os anjos não são seres de luz, com asas ou coisa parecida...são pessoas normais, mas pessoas especiais que com gestos simples podem nos fazer algo que será válido para o resto de nossas vidas.]

    http://www.empadinhafrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Olá querido, estou tremendamente sem palavras para falar algo sobre esse texto. PArticularmente o melhor de todos, mexeu muito comigo, me deu até arrepio rs. A anjo da guarda, o que seria de nós sem eles? O meu está sempre me salvando de situações e agradeço a Deus por ter me dado um anjo protetor. E sobre a menina, que bom que elea está bem, milagre de Deus né.
    Bjs querido

    ResponderExcluir
  21. Anjos da guarda e heróis são aqueles que aparecem em nossas vidas, nos salvam e tornam a desaparecer até que precisemos deles novamente. Tudo isso sem visar recompensa ou fama. Pessoas comuns, como nós. E por que nao anjos, não acha? Seu texto nos rememora esse fato, além de manter acesa em nós a esperança de que existem verdadeiros anjos dispostos a nos ajudar. Parabéns.
    PS: obrigado por se tornar o primeiro membro do meu blog, "Versos, Prosas e Colóquios". Seja bem vindo.

    ResponderExcluir
  22. Deus faz pelos Homens,atraves dos Homens...`
    por isso,é preciso sempre fazer pelo outro o que desejamos que fizessem por nós...da mesma maneira que fomos salvos por Anjos,já fomos o Anjo de alguém.
    Muito lindo o texto!
    Bjsss :)

    ResponderExcluir
  23. Olá meu querido amigo.
    Demorei, mas cheguei, estava viajando minha semana santa é maior que a dos outros rsrsrs
    Não me surpreendeu seu texto, quando venho aqui sei que vou sempre encontrar, qualidade e criatividade.
    Anjos existem, e podem estar, e se manifestarem de diversas formas. Não adianta procurá-los eles estão dentro do coração daqueles que acreditam.
    Bjux

    ResponderExcluir
  24. o surrealismo batendo horas

    to seguindo!
    porque o mundo não é só redondo.
    segue os meus ae!

    http://maiseducacaocleonicebragafonseca.blogspot.com/
    e
    http://euachoqueusimplesmentenaosei.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  25. Oi meu bem, tem selinhos pra vc lá no meu blog
    http://jaquellinee.blogspot.com/2011/04/selos.html

    ResponderExcluir
  26. Como sempre, nas oportunidades que venho aqui, encontro grandes postagens como essa que vejo e que me deixa claro, a maneira inteligente como é feito o seu blog. Um grande abraço pra você e otimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  27. putz..muito bom! gostei.
    volto sempre por aqui, to te seguindoo..
    dps passar no meu pra conhecer
    obg!

    ResponderExcluir
  28. Sempre me surpreendo com seus textos oq me faz voltar quando preciso de algo bom.

    ResponderExcluir
  29. Eu ESTAVA machucada, e mais, estava possessa, revoltada e IRADA com a vida, e com 'ele', mas se eu te disser que isso já passou, você acredita?? Pois é o mundo gira tão rápido, que em menos tempo do que eu esperava tudo isso que eu estava sentindo passou. E o amor que eu tinha por esse sujeito acabou, morreu, virou pó. Eu Lamento Muito, Eu Sinto Muito mesmo, profundamente ter deixado aquele sujeito ter entrado e se infiltrado na minha vida e rotina. Mas agora, como você mesmo disse, ACABOU, É PASSADO, e hoje eu apenas estou rindo de toda essa situação. Beijos e Me segue lá, qualquer coisa" me cutuca" ou deixa um post. Beijos e té outra hora. Hihi!!!!!!!1

    ResponderExcluir
  30. Oi Victor, tudo bem?
    Entendo sim que você está cheio de coisas para fazer, mas te peço um favorzinho. Dia 5 de maio, vai ser postada uma entrevista comigo no site do Paulo Cheng (www.paulocheng.com), se mesmo com atraso, puder dar um pulinho por lá, ler e comentar. Citei, entre outros amigos virtuais, você. Gosto muito de seu trabalho.
    Quando der e se der, claro!
    Beijos

    Humoremconto
    http://anaceciliaromeu.blogspot.com

    ResponderExcluir

Faça um comentario inteligente e pertinente, lembre-se que seu nome, e o nome do seu blog, vem logo depois !